Blog

6 dicas para realizar uma teleconsulta eficaz

30 de novembro de 2023
A teleconsulta tornou-se uma ferramenta essencial na prática médica, principalmente, após a pandemia de Covid-19, em que surgiu a modalidade de telessaúde, regulamentada pela Lei 14.510/2022.

A teleconsulta tornou-se uma ferramenta essencial na prática médica, principalmente, após a pandemia de Covid-19, em que surgiu a modalidade de telessaúde, regulamentada pela Lei 14.510/2022.

A pesquisa TIC Saúde 2022, do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade de Informação (Cetic), mostrou que 33% dos médicos do país atenderam via teleconsulta. Isso mostra o quanto essa prática está crescendo em consultórios e clínicas, pois ela oferece conveniência e acesso a cuidados de saúde a uma gama maior da população.

No entanto, para garantir uma experiência positiva para o paciente, é fundamental que os médicos adotem as melhores práticas na realização dessa modalidade.

Neste artigo, exploraremos estratégias para realizar teleconsultas eficientes e humanizadas, proporcionando atendimento de qualidade, mesmo à distância.

O que é teleconsulta?

A teleconsulta é uma forma de consulta médica realizada remotamente, por meio de Tecnologias da Informação e da Comunicação (TCIs), como videoconferência, telefone ou mensagens instantâneas.

Esse tipo de atendimento permite que pacientes e médicos se conectem de qualquer lugar, eliminando as barreiras geográficas e proporcionando acesso rápido a cuidados de saúde.

Além de ser uma solução eficaz para consultas de rotina, ela se tornou ainda mais vital em situações de emergência, permitindo avaliações médicas imediatas e facilitando a triagem inicial de sintomas.

Como realizar uma teleconsulta eficiente?

1 – Utilize um software de teleconsultas robusto

O primeiro passo para você realizar um ótimo atendimento é utilizar um software de gestão de clínicas ou consultórios robusto que possua o recurso de teleconsulta, como a solução QuarkClinic.

O QuarkClinic possui teleconsultas com videoconferência ilimitada e integrada ao prontuário eletrônico do paciente. Além de dispensar a necessidade de instalar programas ou aplicativos, permitindo seu acesso direto através do navegador web.

Uma ferramenta como essa, proporciona mais facilidade e comodidade para sua clínica, profissionais de saúde e pacientes.

2 – Explique como funciona a telemedicina

Muitos pacientes desconhecem o uso da telemedicina, por isso é importante que o médico explique como funciona essa modalidade, as ferramentas que estão disponíveis e a sua capacidade profissional em realizar a teleconsulta.

É importante orientar o paciente para que ele esteja num ambiente apropriado e silencioso na hora da consulta e com equipamentos eletrônicos de comunicação como fone de ouvido, webcam, além de uma boa conexão de internet.

Toda essa preparação facilita a interação médico-paciente e contribui para uma teleconsulta de qualidade.

3 – Realize um atendimento humanizado

Na teleconsulta existe a falta da presença física, por isso no momento que o médico estiver realizando o atendimento, o foco deve ser o paciente.

Mesmo à distância, é possível estabelecer uma conexão pessoal com o paciente. Inicie a consulta com uma saudação amigável, faça perguntas sobre o bem-estar do paciente e demonstre interesse genuíno.

Esta abordagem contribui para criar um ambiente de confiança e conforto, essencial para uma consulta humanizada.

4 – Utilize recursos visuais

Durante uma teleconsulta, a falta de interação presencial pode ser compensada pelo uso efetivo de recursos visuais, pois assim o paciente ficará mais atento ao que é explicado pelo médico.

Ademais, compartilhar imagens, gráficos ou diagramas relevantes para explicar condições médicas facilita a compreensão do paciente e também enriquece a experiência da consulta, tornando-a mais dinâmica.

5 – Respeite a privacidade e confidencialidade

A segurança do paciente é prioritária em qualquer consulta médica, e isso se aplica ainda mais às teleconsultas. É muito importante certificar-se de que a plataforma utilizada para a atividade é segura e está de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Além disso, adote práticas rigorosas de privacidade, evitando interrupções externas e garantindo que a consulta ocorra em um ambiente privado tanto para o médico quanto para o paciente.

6 – Faça o acompanhamento do paciente

Ao concluir a teleconsulta, é fundamental fornecer orientações claras sobre o plano de tratamento, orientar sobre prescrições de medicamentos e exames e os passos a serem seguidos pelo paciente.

É crucial colocar-se à disposição, oferecendo um canal aberto para o esclarecimento de dúvidas. O profissional deve acompanhar o paciente, buscando informações sobre o tratamento, exames realizados, e ficando atento a eventuais dúvidas ao longo do processo.

Concluindo

Para finalizar, a teleconsulta é uma ferramenta importante para medicina e seu uso está cada vez mais inserido na rotina de clínicas e consultórios, por isso é importante que os profissionais de saúde estejam em sintonia com essa tecnologia.

Saber como realizar uma teleconsulta eficiente é muito importante, principalmente, devido a falta de interação presencial entre médico e paciente. Neste momento, o médico precisa saber se portar de forma humanizada, ser o mais didático possível e respeitar a privacidade e confidencialidade do paciente.

Além disso, é importante utilizar um software de gestão de pessoas que possua um recurso robusto de teleconsulta e que proporcione agilidade e segurança.

Conheça o QuarkClinic – A solução para clínicas e consultórios com teleconsulta ilimitada

Se você deseja implementar o uso de teleconsulta em sua clínica ou consultório, o QuarkClinic oferece uma plataforma robusta e completa de teleconsulta ilimitada, integrada ao prontuário eletrônico do paciente.

Nossa ferramenta otimiza o atendimento dos profissionais de saúde, oferecendo segurança e confiabilidade.

Além disso, você terá acesso a uma plataforma completa com mais de 210 funcionalidades que tornarão a rotina do seu consultório mais ágil e descomplicada.

Aproveite recursos como:

  • Agendamento online de consultas com confirmação via WhatsApp, e-mail e SMS;
  • Receituário eletrônico;
  • Assinatura digital em orçamentos, atestados e prescrições;
  • Gestão de convênios;
  • Laudo médico;
  • Financeiro completo;
  • Módulo de recepção.

Agende agora uma demonstração do QuarkClinic ou fale com um consultor!

Veja também

Banco de horas: Como funciona? O que diz a CLT?

continuar lendo

5 dicas para fazer uma anamnese eficiente e obter um diagnóstico preciso

continuar lendo

As 6 tecnologias propulsoras da revolução tecnológica em curso

continuar lendo